Página principal
Apresentação
Material de apoio
3.	Índice de temas e histórias da educação do ser integral
Dicas
Relatos e experiências
Fale conosco
Equipe
O que é a Educação do Ser Integral? | Princípios básicos | A Metodologia | A Reunião


A Educação do Ser Integral é uma metodologia de educação em valores humanos, fundamentada na visão holística do ser, objetivando favorecer o conhecimento das leis que regem a vida e harmonização das dimensões da totalidade individual e sua integração com as totalidades maiores em que se incluem: a social, a ambiental e a cósmica.

Consideramos Ser Integral a totalidade da pessoa humana, constituída por suas várias dimensões: física, emocional, mental e espiritual, as quais se influenciam reciprocamente.
Ressalta a importância, na intervenção educativa, de favorecermos o desenvolvimento e a harmonização de todos os níveis do ser. Para auxiliar tal processo, o Lar Fabiano de Cristo elaborou uma proposta metodológica a que denominou, inicialmente, Educação do Espírito, depois alterada para Educação do Ser Integral – ESI.

A metodologia foi elaborada para atender à realidade das famílias amparadas pelo Lar Fabiano de Cristo – de diversidade religiosa e baixo nível de instrução, na maioria – e vem sendo aplicada desde 1999 nas nossas Unidades de Promoção Social, de norte a sul do Brasil, além da adesão espontânea de diversas outras instituições com resultados animadores.

 

Princípios Básicos Norteadores da Educação do Ser Integral:

• a perfectibilidade do ser humano;
• a visão holística do Ser, sendo o Espírito a sua essência imortal em contínuo processo de evolução;
• o conhecimento e integração nas leis universais como meio de libertação e crescimento;
• a educação dos sentimentos como objetivo principal da existência, efetivada nas relações interpessoais e no respeito à leis da natureza.

A Metodologia

Esses princípios permitem-nos traçar algumas diretrizes metodológicas:

• Educar o ser integral é um despertar de valores que existem no íntimo do ser, ainda que em potencial.
• Utilizar como recursos educativos técnicas reflexivas e não reflexivas.
• Favorecer o conhecimento das leis morais, fundamental para o desenvolvimento da consciência, apresentando-o a partir do concreto e do cotidiano e em conceitos e linguagem simples e adequados às faixas etárias.
• Possibilitar a construção do conhecimento de forma dialógica no grupo.
• Favorecer a educação das emoções e dos sentimentos, usando técnicas e vivências diversificadas.

Os manuais de apoio (MA) oferecem em cada tema, sugestões diferentes de atividades que possibilitam sua utilização em três agrupamentos:

• 4 a 7 anos
• 8 a 12 anos
• adolescentes e adultos

Quando for conveniente estes grupos pode ser desdobrado para torná-los com idade mais uniforme; entretanto, em muitas situações consideramos útil a diversificação das idades dentro dos limites sugeridos.

A Reunião

Chamamos de reunião o momento específico para atividades propiciadoras do crescimento interior do ser.

Propõe-se que o conjunto de experiências de aprendizagem desenvolvido em uma reunião tenha a seguinte seqüência:

Momento Tipos Objetivos Exemplos
Atividade dinâmica Integrar e desenvolver o grupo. Atividades dirigidas: jogos de integração, danças, músicas com expressão corporal, rodas cantadas, jogos recreativos, ioga, exercícios de linha, gincanas, teatro...
Harmonização Relaxar, harmonizar e concentrar. Música suave, relaxamento corporal, respiração ritmada.
Atividade introdutória Predispor, sensibilizar e facilitar a compreensão do assunto. Conversação, perguntas, demonstração, observação, projeção de imagens, dinâmicas de grupo, pensamentos e provérbios...
Atividade reflexiva Oferecer subsídios para analisar, debater, concluir, assumir compromisso com a prática. Narrativas, situações–problemas, sociodramas e outras dinâmicas pedagógicas, análise de letras de músicas e de poesia...
Atividade criativa Estimular a expressão do conhecimento construído; favorecer emocionalmente a sua internalização. Artes plásticas, artes cênicas, ritmo e som, criações coletivas ou individuais...
Harmonização/ prece Relaxar, visualizar, usufruir momento de paz interior, agradecer. Músicas suaves, relaxamento corporal, respiração ritmada, imagens mentais prece.
Auto-avaliação Auto-avaliação oral do interesse pelo assunto/ Atividade e da conduta durante os trabalhos. Técnicas de feedback

Propõe-se que a ESI seja realizada em grupos de no máximo 25 pessoas, sempre abordando um tema gerador de todas as atividades. Agrupamos os temas em quatro grandes Unidades.

 

 

 
2007 © Lar Fabiano de Cristo - Todos os direitos reservados. Comunicação Institucional.